linkedin
banner_light_blog
  • 15/10/14

    Já pensou que para usar melhor a energia que chega até a sua casa é importante conhecer um pouco mais sobre ela? A energia está em todo lugar e no dia a dia de toda a família, mas pode pesar no bolso quando não é usada de forma eficiente.

    Cada pessoa de uma casa tem papel importante na tarefa de economizar na conta de luz e as crianças podem ser grandes aliadas! Mostrar para os pequenos o caminho que a energia faz da subestação até a tomada pode ser divertido! E também que sem luz não dá para jogar vídeo game, usar o computador e até aquele banho quente pode virar uma fria.

    Além disso, quando entendemos mais sobre a energia evitamos o desperdício e também o furto de energia. Levar informação para as crianças é uma forma de criar adultos conscientes no futuro.

  • 26/08/14

    As ligações clandestinas, mais conhecidas como “gatos”, são um grave problema que a população carioca enfrenta há muitos anos. Além de a ligação clandestina não ser segura, podendo causar incêndios e até acidentes, ela também encarece a sua conta de luz e de todos os clientes da área de concessão da companhia. Ou seja, todos saem perdendo.

    Por isso, a Light está investindo em novos medidores inteligentes, com tecnologia moderna, como a dos países mais avançados do mundo. Com ele, você pode conferir o consumo de luz a qualquer momento: é só acessar o display digital em sua casa. A Light também pode monitorar eventuais problemas no seu abastecimento, como interrupções, pico de energia e até se alguém estiver fazendo um gato na sua rede elétrica.

    Os clientes da área de concessão estão recebendo gradativamente o novo equipamento, que já está sendo instalado em regiões com alto índice de furto de energia, inadimplência e renovação da rede elétrica. Alguns bairros das zonas Oeste, Leste e da Baixada Fluminense – além de comunidades das zonas Norte e Sul – já contam com os novos medidores. Em média, a Light instala 10 mil todo mês. Vale lembrar que os novos equipamentos têm o selo de garantia do Inmetro e a aprovação da Aneel, além de serem muito mais seguros contra o furto de energia.

  • 6/02/14

    Com a chegada do verão, os desafios da Light aumentam junto com a temperatura. Fornecer energia de qualidade a 31 municípios do Rio de Janeiro é uma tarefa que fica ainda mais complexa nesta época do ano. Este é o primeiro post da série “Desafios do Verão”, que vai explicar por que o número de interrupções no fornecimento de energia é maior durante a estação.

    O Rio de Janeiro é o estado que mais sofre com o furto de energia, popularmente conhecido como “gato”. Só para se ter uma ideia, 20% da energia furtada em todo Brasil ocorre na área de concessão da Light. Essa quantidade de energia daria para iluminar o estado do Espírito Santo inteiro.

    No verão, o consumo de energia aumenta, com o maior uso de ar-condicionado e, ventiladores. Nessa época também aumenta o número de ligações clandestinas, que dificultam o planejamento da Light para atender as demandas da região uma vez que a energia consumida se torna maior do que a empresa consegue mapear no seu sistema. O resultado é que a energia enviada para a região acaba não sendo suficiente para atender a necessidade dos clientes. A maior parte das ocorrências de falta de luz é justamente em decorrência da quantidade de “gatos”. Você sabia que desde 2001, 444 pessoas morreram fazendo ligações clandestinas! Mexer nas instalações elétricas é muito perigoso e deve ser uma tarefa realizada apenas por profissionais da concessionária. O furto de energia coloca em risco não só quem faz, mas toda a vizinhança, podendo provocar curto-circuito, incêndios e até mesmo morte.

    Para vencer esse desafio, a Light investe em ações de conscientização e em projetos como o Light Legal e a Blitz Legal, além de apostar em tecnologia, substituindo a rede elétrica por uma mais robusta e a instalando medidores eletrônicos, que são mais modernos e seguros contra o furto de energia.

    Não faça e não aceite o furto de energia! Quem é esperto de verdade não faz gato.

  • 10/04/13

     O combate ao furto de energia é um dos principais desafios que a Light enfrenta. As ligações clandestinas, conhecidas como “gatos”, encarecem a conta de luz, prejudicam a qualidade do fornecimento de energia elétrica e oferecem riscos à segurança das pessoas. Para diminuir os impactos da clandestinidade, a empresa criou a Blitz Legal – inspeções de campo e blitzes localizadas – que combatem intensamente os furtos de energia, com o apoio da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e da Agência Móvel, que presta atendimentos comerciais nas localidades.

    Além disso, uma nova forma de relacionamento com o cliente também foi implantada: o Light Legal. O Projeto fixa equipes em determinada região, dedicadas a realizar tarefas relacionadas à prestação do serviço de energia elétrica, como: avaliação da rede, verificação dos medidores, dicas de economia e segurança, parcelamento de débitos, normalização de ligações elétricas e eliminação de “gatos”. É importante lembrar que os técnicos do Light Legal sempre trabalham com o uniforme e boné da Light!

    O projeto já atende quase 200 mil clientes e está presente em localidades como Cosmos (Campo Grande), Caxias, Sepetiba, Vigário Geral, Nova Iguaçu, Nilópolis, Belford Roxo, Ricardo de Albuquerque, Curicica, Mesquita, Realengo, Coelho da Rocha e Batan. Em 2013, a meta é alcançar um total de 30 áreas e contemplar cerca de 400 mil clientes com a iniciativa.

    Nessa constante luta contra os “gatos”, as comunidades pacificadas também são atendidas. A Light atua em regiões onde há a presença do Estado, modernizando a rede elétrica e, em paralelo, realizando ações de eficiência energética – palestras e atividades que promovem o consumo eficiente – com o objetivo de fazer com que a conta de energia caiba no bolso dos moradores.

    É importante frisar que o “gato” não é uma prática exclusiva de locais de baixa renda: em grandes condomínios, com moradores de poder aquisitivo mais alto, por exemplo, a ligação clandestina também ocorre e é igualmente penalizada pela concessionária.

    Só no ano passado, a Light realizou mais de 150 mil inspeções, instalou 129 mil novos medidores eletrônicos e efetuou cerca de 900 mil cortes de fornecimento, entre fraudes e inadimplência. Em 2013, o combate continua. Fique legal! Ligue 0800-282-0120 e denuncie os “gatos”!

     

  • 11/08/12

    Mais uma vez em primeira mão, a Light traz para você, ligado conosco nas redes sociais, o segundo filme da sua nova campanha publicitária. Nossos pequenos seres de luz voltam à cena para apresentar os novos medidores eletrônicos. Uma tecnologia moderna e ainda mais segura para garantir uma energia de qualidade para nossos 4 milhões de clientes.

  • 19/06/12

    O projeto das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), do Governo do Estado, trouxe muito mais que segurança e liberdade para os moradores das comunidades cariocas. Outro ponto positivo foi a regularização do sistema elétrico das residências locais. “Gato” agora é coisa do passado e cada vez mais há a conscientização de que esta prática não representa economia e sim perigo e ilegalidade.

    comunidades Rio de Janeiro

  • 30/12/11

    Para assegurar a energia do melhor réveillon do mundo, a Light montou um esquema especial em alguns pontos importantes do Rio de Janeiro.

  • 6/09/11

    A Light iniciou uma série de operações, em parceria com policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), para reprimir os clientes inadimplentes que estão furtando energia. Nesta primeira ação – realizada na segunda-feira, 05 – foram pegos em flagrante nove clientes e conduzidos a DDSD, sendo que três foram presos em flagrante, pagaram fiança e foram liberados. Todos responderão a processo criminal por furto.

    Os clientes tiveram o fornecimento interrompido por falta de pagamento diversas vezes e o medidor de consumo foi retirado, mas resolveram se autorreligar de forma clandestina, ou seja, fizeram “gato” de luz nos seus estabelecimentos e residências para continuar consumindo energia elétrica sem pagar a conta. Neste grupo, existe, por exemplo, cliente com débito de R$ 55 mil e que mantinha um consumo médio mensal ilegal de 2.600 kWh. Ele foi parar na delegacia para explicar a irregularidade.

    A Light tentou negociar com os devedores e, paralelamente, manteve inspeção nos locais, onde os clientes em débito com a empresa optaram pelo caminho da ilegalidade para obter energia elétrica. O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena de prisão de 1 a 4 anos.

    Na operação desta segunda-feira, houve constatação de fraude em seis estabelecimentos comerciais e três residências. Para voltar a ser cliente, respeitando os direitos e os deveres do contrato e garantir o fornecimento de energia elétrica, os comerciantes terão que pagar todo o montante devido à Light, além de responderem a processo criminal.

    O combate ao furto de energia é um dos principais desafios da Light. A empresa investe mais de R$ 250 milhões por ano para combater este tipo de crime. O furto e o vandalismo fragilizam a rede de distribuição, impactam na qualidade do fornecimento e prejudicam o consumidor com interrupções no fornecimento de energia elétrica, além de contribuírem para o aumento do risco de acidentes.

    Para denunciar suspeitas de furto de energia, a Light disponibiliza o Disque-Light Emergência (0800 0210 196), que funciona 24 horas por dia.