linkedin
banner_light_blog
  • 30/04/13


    Quando a Light começou a atuar no Rio, em 1904, a cidade era capital federal e o Brasil estava distante de ser um país industrializado. Após mais de 100 anos juntos, a concessionária e a capital carioca consolidaram uma parceria, que permanece até hoje, e que se estendeu por todo o estado: investir em energia para o crescimento do Rio!

    A Usina de Fontes marcou o início desses  investimentos. A mais moderna hidrelétrica do país, para a época, era também uma das maiores do mundo e levou três anos para ser concluída, sendo oficialmente inaugurada em 23 de maio de 1908.

      Durante a construção da Usina de Fontes, os equipamentos de alta tecnologia eram transportados da cidade do Rio para Piraí por trem, e de lá seguiam em carro de boi até Ribeirão das Lajes, onde estava sendo construída a casa de força provisória que forneceria energia para as obras da usina.

    A potência de Fontes superava, em muitas vezes, as necessidades do Rio de Janeiro da época. Hoje desativada, a usina seria capaz de atender, atualmente, apenas o bairro do Leme, devido ao aumento da demanda por energia.

     

    Nas décadas seguintes, novas usinas entraram em operação: Ilha dos Pombos (1924), Fontes Nova (1940), Santa Cecília (1952), Vigário (1952), Nilo Peçanha (1953), Pereira Passos (1962) e Santa Branca (1999).

    Há mais de um século, a Light acompanha e participa do desenvolvimento do Rio, iluminando oportunidades, apoiando iniciativas e investindo muita energia sempre em busca do crescimento do nosso estado. Tudo para que a gente continue fazendo história juntos!

     

  • 22/04/13

     

    Para muitos, independente da religião, São Jorge é símbolo de luta, conquista e coragem. Desde 2008, devido a sua enorme popularidade, o dia 23 de Abril é considerado feriado estadual em homenagem ao santo guerreiro. De lá pra cá, seu número de devotos já soma mais de milhões por ano, no país inteiro. Nesta terça-feira, o Rio de Janeiro se ilumina com as comemorações pelo Dia de São Jorge, com missas, carreatas, festejos e orações que se estenderão por todo o estado. Padroeiro extraoficial do Rio (título oficial de São Sebastião), o santo conhecido por atender as graças mais difíceis de serem alcançadas, é o tema do blog Conexão Light desta semana!

    A história do Santo Guerreiro

    São Jorge nasceu na Capadócia e foi capitão do exército romano. Conhecido pelas habilidades de guerreiro e bom coração, distribuiu suas riquezas aos mais carentes e foi contra a ordem do imperador de matar todos os cristãos. Seu ato foi considerado uma afronta e o guerreiro acabou sendo torturado, para que negasse sua fé. São Jorge não renunciou ao cristianismo e foi degolado no dia 23 de abril de 303, aos 23 anos. Por sua história, o santo guerreiro é símbolo de coragem, persistência e luta.

    São Jorge e o dragão

    A lenda mais famosa sobre São Jorge conta que um dragão, que habitava as profundezas de um lago, aterrorizava uma cidade do oriente. Para não atirar fogo contra o vilarejo, a criatura exigia que lhe entregassem, regularmente, mulheres para serem devoradas. Quando um dia, a filha do rei seria oferecida ao sacrifício, o santo apareceu montado em um cavalo branco e venceu o dragão.


    Curiosidades

    A imagem de guerreiro fez com que São Jorge tenha sido adotado como padroeiro da Cavalaria do Exército Brasileiro. O santo é popular nas religiões mais diversas, inclusive nas afro-brasileiras, sincretizado na forma de Ogum.

    A popularidade de São Jorge também está explícita na pele dos cariocas, já que tatuagens do santo lideram o ranking de um estúdio da Zona Sul do Rio, e em muitas canções brasileiras, criadas, muitas vezes, por devotos ilustres, como Caetano Veloso, Jorge Bem Jor, Zeca Pagodinho e Fernanda Abreu.

  • 15/04/13

    Manutenção ocorrerá dias 20 e 21 de abril

     

     

    No próximo fim de semana, a Light fará manutenção em suas instalações de informática com o objetivo de tornar o ambiente mais seguro e confiável para a empresa e seus clientes. Durante esse período, alguns sistemas terão que ser paralisados.

    Os atendimentos de emergência para comunicar falta de luz, fio partido, oscilação, galhos na rede e manutenção programada continuarão a funcionar normalmente. Nesses casos, o cliente pode entrar em contato com a Light através do serviço Light Já (SMS para informar falta de luz), pelo canal Light Clientes no Twitter e Facebook, pelo Disque-Light Emergência e Emergência Grandes Clientes.

    Para demandas por serviços comerciais, como solicitação de 2ª via, análise de contas, Ligação Nova e autorização de débito automático, a Light solicita que os clientes entrem em contato a partir do dia 22, quando o sistema será normalizado. Vale lembrar que o atendimento telefônico e via redes sociais atenderá, exclusivamente, demandas de emergência.

    A Agência Virtual da Light, acessada pelo site da empresa, ficará indisponível no fim de semana, assim como o aplicativo Light Clientes para iphone e ipad.

    As agências comerciais de Shoppings, que abrem normalmente aos sábados – Barra da Tijuca, Ilha do Governador, Penha, Tijuca, Santa Cruz, Rio Poupa Tempo Bangu e Rio Poupa Tempo Meriti – estarão fechadas no dia 20 de abril.

    A paralisação de alguns sistemas é imprescindível para que a Light possa modernizar suas instalações de informática com sucesso e assim atender seus clientes com mais segurança e qualidade.

    Confira os canais de atendimento disponíveis durante os dias 20 e 21 para atendimentos de emergência:

    Nas redes sociais

    www.twitter.com/lightclientes

    www.facebook.com/lightclientes
    No seu celular

    Faltou luz? Light Já! Envie do celular apenas o Código da Instalação para o nº 54448.

    De qualquer telefone

    Disque-Light Emergência:

    0800 021 0196

    Emergência Grandes Clientes:

    0800 282 1380

     

  • 10/04/13

     O combate ao furto de energia é um dos principais desafios que a Light enfrenta. As ligações clandestinas, conhecidas como “gatos”, encarecem a conta de luz, prejudicam a qualidade do fornecimento de energia elétrica e oferecem riscos à segurança das pessoas. Para diminuir os impactos da clandestinidade, a empresa criou a Blitz Legal – inspeções de campo e blitzes localizadas – que combatem intensamente os furtos de energia, com o apoio da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e da Agência Móvel, que presta atendimentos comerciais nas localidades.

    Além disso, uma nova forma de relacionamento com o cliente também foi implantada: o Light Legal. O Projeto fixa equipes em determinada região, dedicadas a realizar tarefas relacionadas à prestação do serviço de energia elétrica, como: avaliação da rede, verificação dos medidores, dicas de economia e segurança, parcelamento de débitos, normalização de ligações elétricas e eliminação de “gatos”. É importante lembrar que os técnicos do Light Legal sempre trabalham com o uniforme e boné da Light!

    O projeto já atende quase 200 mil clientes e está presente em localidades como Cosmos (Campo Grande), Caxias, Sepetiba, Vigário Geral, Nova Iguaçu, Nilópolis, Belford Roxo, Ricardo de Albuquerque, Curicica, Mesquita, Realengo, Coelho da Rocha e Batan. Em 2013, a meta é alcançar um total de 30 áreas e contemplar cerca de 400 mil clientes com a iniciativa.

    Nessa constante luta contra os “gatos”, as comunidades pacificadas também são atendidas. A Light atua em regiões onde há a presença do Estado, modernizando a rede elétrica e, em paralelo, realizando ações de eficiência energética – palestras e atividades que promovem o consumo eficiente – com o objetivo de fazer com que a conta de energia caiba no bolso dos moradores.

    É importante frisar que o “gato” não é uma prática exclusiva de locais de baixa renda: em grandes condomínios, com moradores de poder aquisitivo mais alto, por exemplo, a ligação clandestina também ocorre e é igualmente penalizada pela concessionária.

    Só no ano passado, a Light realizou mais de 150 mil inspeções, instalou 129 mil novos medidores eletrônicos e efetuou cerca de 900 mil cortes de fornecimento, entre fraudes e inadimplência. Em 2013, o combate continua. Fique legal! Ligue 0800-282-0120 e denuncie os “gatos”!

     

  • 2/04/13

    Era uma vez um menino chamado Hans Christian Andersen, que morava na Dinamarca e era filho de sapateiro. Desde muito cedo, Andersen aprendeu a ler e seu gosto por histórias aumentou junto com a sua idade. Quando adulto, publicou vários livros, mas ficou conhecido mesmo por seus contos infantis. Há muitos e muitos anos, as histórias para crianças eram raras e foi Andersen quem inventou a mágica de colocar no papel lições e aprendizados, por meio de contos com personagens fantásticos, como A Pequena Sereia e O Patinho Feio. Sua contribuição para a literatura foi tão grande, que o dia do seu aniversário – 2 de abril – é comemorado em mais de 60 países como o Dia Internacional do Livro Infantil.

     As histórias de Andersen introduziram lições de moral e ética, e ajudaram as crianças a entender que muita coisa acontece até que a princesa seja salva do dragão e quebre o encanto da bruxa malvada. É preciso ter energia para vencer os desafios, que aparecem quase que em um passe de mágica, e nada como um pouco de criatividade para deixar a vida mais leve e viver “feliz para sempre”.

     A nossa homenagem à literatura infantil vai se estender por toda essa semana. A Light acredita que a leitura e a educação são o caminho para criarmos cidadãos mais conscientes do seu papel no mundo. É por isso que a gente patrocina a visitação escolar da Bienal do Livro e mantém o Projeto educativo Light nas Escolas, que trata sobre o consumo eficiente de energia elétrica e que já beneficiou 450 escolas, 630 professores e cerca de 60 mil alunos.

  • 25/03/13

    O fim da semana já aponta para uma data especial no calendário. Na quinta-feira, começa a Semana Santa e no domingo chega a Páscoa, uma data importante para muitas culturas e religiões, que associam o período a um momento de luz e de renovação. Para comemorar, o post de hoje do Conexão Light fala sobre a origem de toda essa energia positiva, que envolve uma data milenar e de muitos significados!

    A Páscoa para o cristianismo e judaísmo

    Considerada uma das datas mais importantes da religião cristã, em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo, depois de sua morte e crucificação, a Páscoa é também um marco para os judeus, que comemoram a libertação de seu povo, escravizado pelos egípcios.

    Vinda do hebraico Pessach, a palavra “Páscoa” significa “passagem”. Nesta data, os judeus celebram, durante oito dias, o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão à liberdade; enquanto os cristãos homenageiam a “passagem” de Cristo, da morte para a vida, durante a Semana Santa.

    Mas de onde veio o coelhinho da Páscoa?

    Na Idade Média, antigos povos pagãos da Europa homenageavam a deusa da primavera Esther, no início da estação, que normalmente coincide com a Páscoa cristã. A tradução de “Páscoa” para o inglês é Easter, em alusão à deusa, já que a língua inglesa deriva de dialetos bárbaros. A festa pagã celebrava a fertilidade da estação, que chega após o frio inverno europeu e, por isso, utilizava como símbolos ovos (associado ao nascimento) e a imagem do coelho (animal conhecido pela capacidade de reprodução).

    Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã acabou integrada à Semana Santa e o ovo tornou-se símbolo da ressurreição de Cristo.

     E o ovo de chocolate?

    O costume de dar ovos enfeitados como presente começou na antiguidade, com os egípcios e persas, que também comemoravam a chegada da primavera (a estação da fertilidade). Na Europa oriental, colorir ovos também era um costume até que a tradição se espalhou por outros países do continente, como a França.

    Os ovos de chocolate foram criados a partir dos Pâtissiers franceses, que recheavam ovos de galinha esvaziados de clara e gema com chocolate e os pintavam por fora.

    Independente de crenças ou religiões, a Páscoa é o momento de renovar as energias, aproveitar o tempo livre e ficar com a família. Uma ótima Semana Santa, recheada de gulodices e momentos felizes. São os votos do Conexão Light para esta Páscoa!

  • 18/03/13

    Quando as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) entraram na Rocinha, em novembro de 2011, muita coisa mudou. Os mais de 69 mil moradores da comunidade resgataram sua cidadania, com o fim do tráfico, e a comunidade passou a ser mais um espaço de integração na capital carioca. Para comemorar os dois anos de pacificação, a Rocinha recebe pela segunda vez o Projeto de Braços Abertos. Com a proposta de utilizar o esporte como ferramenta de comunicação para integrar a sociedade carioca à comunidade, o projeto volta ao seu local de origem com a corrida Rocinha de Braços Abertos, que acontece no próximo domingo (dia 24).

    Mais de 2 mil corredores participarão da prova de corrida urbana, que atende desde crianças a adultos, iniciantes e experientes, com seu formato criativo. Além do percurso pelos becos, ruelas e ladeiras da comunidade, a etapa contempla concursos culturais como o Fotografe essa Ideia e o Grafite seu Esporte. A criançada também vai gastar energia com a Mini Corrida, que tem inscrições gratuitas para 500 mini atletas da comunidade.

    A iniciativa conta ainda com treinamentos de capacitação profissional, que têm como objetivo gerar oportunidades para os moradores atuarem no mercado de eventos esportivos, e com a Campanha Adote um Atleta, que premiará os vencedores da prova de 10km da categoria comunidade com um ano de acompanhamento de técnico de corrida e material esportivo para os treinos.

    As inscrições são gratuitas para moradores e estão abertas até amanhã (dia 19), pelo hotsite do evento.

    A Light tem orgulho de apoiar projetos como o De Braços Abertos, que incentivam o esporte e deixam o Rio ainda mais carioca!

  • 11/03/13

    Do Axé à Bossa Nova, o Rio já comprovou sua vocação para a música. A capital carioca tem uma estreita relação com os ritmos que começa com o Carnaval e contagia o resto do ano com eventos musicais que variam do Funk ao Rock! Na cidade que já inspirou composições consagradas em todo o mundo, viver tem trilha sonora e é por isso que o Rio é um dos melhores palcos para festivais de música!

    No próximo sábado (dia 16), a Praça da Apoteose vai receber toda a energia carioca com o Rio Verão Festival 2013. O evento, que reunirá grandes nomes da música brasileira, como Michel Teló, Chiclete com Banana, Revelação, Capital Inicial e O Rappa, também contará com a apresentação do ator Rodrigo Faro.

    A segunda edição do festival promete animar a estação mais quente do ano! Confira uma prévia do que vai rolar e não fique de fora! A Light já está dentro dessa!