linkedin
banner_light_blog
  • 1/09/16

    Prestar assistência a jovens grávidas do Morro da Providência é um dos objetivos do projeto Providenciando a Favor da Vida, que além de acompanhar as futuras mamães durante toda a gestação, ainda oferece acompanhamento médico e psicológico. Palestras e oficinas também são realizadas para estimular a reflexão sobre a maternidade e o futuro com o bebê.

    O Providenciando a Favor da Vida é mais um projeto selecionado pelo Programa Favela Criativa, que patrocinamos por meio do Programa de Eficiência Energética da ANEEL, junto com o Governo do Rio de Janeiro.

    Assista ao vídeo e conheça de perto essa iniciativa!

  • 25/05/16

    Não faz muito tempo que divulgamos que o Projeto Ligação entregou mais uma obra, dessa vez em Tomás Coelho. Lá, um espaço abandonado onde havia apenas um campo de terra com duas balizas virou uma uma nova quadra poliesportiva com estrutura para receber jogos de vôlei, futsal e basquete. O local também ganhou uma quadra de areia para a prática de futevôlei e vôlei de praia, além de um novo campo de grama sintética. Quer ver o antes e o depois?

    Clique aqui e confira o nosso vídeo!

    Vale lembrar que o projeto Ligação prevê a construção de espaços e a revitalização de equipamentos esportivos do Rio de Janeiro. A iniciativa é promovida desde 2015 pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje), por meio da Lei estadual de Incentivo à Cultura e ao Esporte (Lei do ICMS), com patrocínio da Light e financiamento do BNDES. O projeto Tavessia/Ligação foi desenhado em 2013 e desde então já contemplou diversas comunidades do estado, como Rocinha, Mangueira, Cidade de Deus, Morro dos Macacos e Cerro-Corá, além dos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu. Ao todo foram mais de 50 entregas, entre reformas e construção de quadras, campos, academias e aquisição de equipamentos.

     

  • 16/05/16

    Mais uma obra do Projeto Ligação foi entregue neste sábado. Desta vez, o bairro de Tomás Coelho foi beneficiado com a construção e a recuperação de áreas esportivas e de lazer. Um campo de terra com duas balizas cedeu espaço para uma quadra poliesportiva com estrutura para receber jogos de vôlei, futsal e basquete, bem como um novo campo de grama sintética e uma quadra de areia para a prática de futevôlei e vôlei de praia.

    Foto_Ligação_1

    Segundo Luis Felipe Younes do Amaral, Gerente do Instituto Light, o projeto – realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude e o BNDES – é fundamental para disseminar novos valores, influenciando uma nova atmosfera cultural nas regiões beneficiadas.

    – A Light se empenha em aprimorar as condições econômicas e sociais das áreas onde atua por entender que esta é uma maneira de se aproximar dos clientes. Acreditamos que o esporte tem capacidade de alavancar a nossa sociedade – afirma.

  • 9/05/16

    Você sabia que a Light promove uma série de atividades educativas e gratuitas para orientar a população sobre o uso consciente da energia elétrica?

    As ações fazem parte do Projeto Comunidade Eficiente da Light, que estimula a inclusão social e a educação para o uso consciente e seguro da energia em diversas localidades da área de concessão da empresa.

    Comunidade Eficiente.jpg

     

    Durante o evento, crianças e adultos participam de atividades lúdicas, jogos e palestras com foco em eficiência energética e aprendem mais sobre energia no caminhão Planeta Light, que traz informações sobre geração, distribuição e consumo de energia elétrica aos visitantes.

    Com o Comunidade Eficiente, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel, a Light realizou, desde 2003, cerca de 400 mil visitas educativas e mais de 2 mil eventos. A Light promove também, nestes locais, a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes e fluorescentes por LED, que são mais econômicas, e a substituição de geladeiras antigas por novas, com selo Procel. Desde o ano de 2003 foram trocadas cerca de 3 milhões de lâmpadas e substituídas mais de 102 mil geladeiras antigas por novas. Fique ligado! 🙂

  • 2/05/16

    Para confirmar o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável, os nossos clientes e o Rio de Janeiro, a Light acaba de lançar mais uma edição do seu Relatório de Sustentabilidade, que mostra como a empresa equilibrou as dimensões econômica, ambiental e social ao longo de 2015, tendo como requisitos essenciais a ética, a transparência e a comunicação efetiva com seus públicos de interesse e as boas práticas de governança corporativa.

    O relato – que segue as diretrizes G4 da Global Reporting Initiative(GRI) e do International Integrated Reporting Council (IIRC) – garante a integração entre os diversos documentos de prestação de contas da companhia. Além de apresentar as ações e os resultados do ano passado, o documento reafirma os compromissos da empresa para 2016. Apesar do cenário adverso – com recessão da economia, elevação do custo de energia, reajustes tarifários e aumento da inadimplência –, a empresa manteve seus compromissos de investimento, que totalizaram R$ 943,9 milhões, perseguindo a redução das perdas, a robustez da rede e a melhoria da qualidade do atendimento e do fornecimento de energia.

    Foto_Relatório

    – Navegar pelo nosso Relatório de Sustentabilidade é uma oportunidade para conhecermos melhor a nossa empresa. A leitura do relato nos enche de orgulho do que fazemos, nos prepara para os desafios e nos instiga a melhorar sempre – afirma Paulo Maurício Senra, Gerente de Estratégia e Sustentabilidade.

    É importante lembrar que a Light integra, há nove anos consecutivos, a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&F Bovespa. A companhia está na lista das empresas mais sustentáveis do Guia Exame de Sustentabilidade e é reconhecida como uma das cem mais inovadoras do país pelo ranking do Valor Econômico.

    – Uma empresa com atuação sustentável gosta de prestar contas do que faz. E por fazer bem feito é reconhecida por isso – diz Senra.

     

  • 11/04/16

    Quer viajar no feriado de Tiradentes e não sabe para onde? Então confira a nossa dica para conhecer o Parque São João Marcos, em Rio Claro!

    Da prosperidade no Ciclo do Café ao abandono, a cidade de São João Marcos vem renascendo como um novo e importante destino turístico do estado do Rio. Após ter passado mais de 70 anos no esquecimento, a Light recuperou a sua memória e inaugurou em 2011 um Parque Arqueológico e Ambiental.

    Com uma área total de 930 mil m², o parque conta com um caminho de 3 km ao redor do espelho d’água, onde é possível conhecer a vegetação exuberante e o observatório de pássaros. Durante a visita, os participantes têm contato com três disciplinas diferentes, em uma verdadeira aula a céu aberto: história do Brasil, arqueologia e educação ambiental.

    Parque São João Marcos

    O espaço também oferece uma fonte enriquecedora de aprendizados por meio de visitas guiadas e excursões escolares. Para agendar é preciso reunir pelo menos dez pessoas e enviar um e-mail para contato@saojoaomarcos.com.br. Não deixe de ir!

    Serviço:
    Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos
    Estrada RJ 149 (Rio Claro – Mangaratiba) Km 20 – Rio Claro/RJ
    Telefone: (21) 2233-3690
    Horário: quarta a domingo, das 10h às 16h, incluindo feriados
    Site: www.saojoaomarcos.com.br

  • 18/03/16

    Claudia Vieira, Daniel Gusmão e Nazaré Mudesto do Projeto Iluminar

    Oportunidade e superação: essas são as palavras que vêm à cabeça quando pensamos no Programa Iluminar. Criada em 2005 por sugestão de empregados que tinham filhos com deficiência intelectual, a iniciativa já integrou 37 jovens a um ambiente de trabalho adequado ao desenvolvimento do seu potencial profissional.

    O programa tem parceria com escolas conveniadas que indicam os alunos para o processo seletivo do estágio supervisionado. A partir daí, escola, empresa e família trabalham juntas para iniciar a inclusão do aluno com deficiência intelectual no ambiente corporativo.

    Claudia Vieira, coordenadora do programa, conta um pouco sobre a dinâmica do projeto no vídeo abaixo. Confira:

     

     

    Ela também reforça outro aspecto do programa, que busca não só proporcionar uma nova oportunidade de trabalho aos participantes, mas também inseri-los na sociedade.

     

     

    Além da supervisão da equipe do projeto e do supervisor da área, os estagiários contam com o apoio da psicóloga Nazaré Mudesto, que identifica os pontos a serem trabalhados, além das dificuldades dos alunos e dos supervisores no dia a dia.

     

     

    O desafio é grande e vem sendo superado constantemente, trazendo resultados positivos. Prova disso é que o programa conquistou o Prêmio Ser Humano em 2012, realizado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio (ABRH-RJ) na categoria Médias e Grandes Empresas.

    O projeto ainda oferece oportunidades efetivas de inclusão, já que 41% dos alunos foram incorporados ao mercado de trabalho na área administrativa de diferentes empresas após dois anos de estágio. Um resultado que traz orgulho para toda a equipe.

    Com déficit cognitivo e de aprendizagem, Daniel Gusmão de Oliveira Souza, na Light desde 2015, concluiu o ensino médio especial e hoje frequenta o EJA com oficinas para o mercado de trabalho. Atualmente ele se desenvolve na área administrativa, na Gerência Comercial, onde verifica valores em planilhas, notas e recibos. Com o desejo de sempre aprender mais, Daniel superou desafios e convenceu a todos de que era capaz de executar suas funções.

     

     

    Muito sucesso para o Daniel, seus colegas estagiários e parabéns para todos os envolvidos no programa!

     

  • 29/12/15

     

    Reciclar é uma ação onde todos ganham. Quer um exemplo? O Light Recicla, nosso projeto de troca de materiais recicláveis por desconto na conta de luz, só cresceu nos últimos anos. Com ele, muitas pessoas diminuíram ou até zeraram suas contas de luz e ainda tiraram do meio ambiente resíduos que poderiam levar milhares de anos até serem absorvidos pela terra.

    Lá no morro Santa Marta, Zona Sul do Rio, a ONG Atitude Social, decidiu aproveitar o projeto para melhorar a comunidade e ainda beneficiar a sua sede. Eles têm conseguido zerar suas faturas mês a mês e, em dezembro, ainda ficaram com um saldo positivo de pouco mais R$14 reais. Demais, né?

     

    Light Recicla - conta de luz zerada

     

    Aproveitamos para conversar com Robespierre Ávila, diretor do local, sobre a participação no projeto e a busca pela sustentabilidade.

     

    Conexão Light – Qual é o papel da ONG na comunidade?

    Robespierre – A ONG Atitude Social promove o resgate de valores e identidade, desenvolvendo ações de impacto sociocultural, tendo como base os conceitos da cultura de paz.

    Desenvolvemos projetos como o “Aos Pés do Santa Marta”, que foi reconhecido como ponto de cultura em 2011, a Escola de Música Atitude, a Bateria Mirim Atitude e o Cine Atitude. A ONG também apoia o Núcleo de Audiovisual Atitude – Grupo NAVi que destina-se a produção de filmes e documentários e a Biblioteca Dedé Atitude, além de produzir eventos musicais em datas importantes para a comunidade.

     

    ong atitude social

     

    CL – Como e quando vocês ficaram sabendo sobre o programa Light Recicla?

    Robespierre – Quando o projeto Light Recicla foi lançado na comunidade Santa Marta, a ONG Atitude Social foi convidada a participar. A iniciativa foi ao encontro de nossa proposta de difundir os conceitos da cultura de paz.

    Desde então, participando com a reciclagem, reduzimos a conta de luz da casa de cultura, enquanto transformamos o ambiente num local mais saudável. Acreditamos que, todos juntos, somos responsáveis pela transformação do meio ambiente com a construção de uma sociedade sustentável.

    CL – O Light Recicla ajudou na integração da comunidade? Quem fica responsável por levar o material reciclável arrecadado para o ecoponto?

    Robespierre – Eu mesmo fico responsável e conto com o apoio dos alunos da Escola de Musica Atitude e de outros moradores. O projeto Light Recicla ajudou a traduzir os valores da cultura de paz, através de atitude e padrão de comportamento, numa realidade de vida diária.

     

    CL – Por que você acha que os moradores doam o material para a ONG, em vez de obter desconto somente para a própria conta de energia?

    Robespierre – Uma das diretrizes da cultura de paz, disseminada pelos projetos apoiados pela ONG Atitude Social, é ser generoso e solidário, compartilhar tempo e recursos materiais em um espírito de generosidade visando o fim da exclusão, da injustiça e da opressão política e econômica.

    Os moradores entendem a proposta da ONG e apoiam como podem, inclusive através da doação de material reciclável, como contribuição para a redução da conta de luz, uma vez que, juntando as várias doações, a conta da ONG pode ser nula, aumentando os benefícios à comunidade.

     

    CL – A Atitude Social promove uma cultura de paz e preservação do meio ambiente. Como juntar o material reciclável e trocar por desconto da conta de energia da ONG está ligado com a paz?

    Robespierre – O manifesto internacional para uma cultura de paz prega o comprometimento da sociedade, entre outras coisas, a preservar o planeta e, assim,promover o consumo responsável e um modelo de desenvolvimento que considere a importância de todas as formas de vida, além do equilíbrio dos recursos naturais. Os projetos apoiados pela ONG estimulam estes preceitos de desenvolvimento sustentável dentro da comunidade. Não vemos o lixo como lixo, mas como alternativa para complementação de fonte de renda e material de reciclagem e reuso. Nossa árvore de Natal deste ano, por exemplo, foi feita com garrafa PET e outros materiais recicláveis doados, como uma criação das “crianças Atitude”.

     

    E aí? Já está estimulado a preservar o planeta e, de quebra, gerar descontos na sua conta? Então, vamos lá! Se cada um fizer sua parte, o mundo pode ser muito melhor 😉 Veja onde ficam os nossos ecopontos!
    Deixa com a gente, que a Light Recicla!