linkedin
Light Rio 450 - Blog 2
  • 23/03/15

    Uma das peculiaridades do Rio que o torna ainda mais bonito é a integração entre natureza e cidade. As montanhas, o mar e até cachoeiras fazem parte do acervo de belezas naturais que orgulham os cariocas.

    No quarto vídeo da nossa série em comemoração aos 450 anos do Rio de Janeiro, chegou a hora do fotógrafo carioca Marco Terranova abrir seu coração e declarar seu amor à Floresta da Tijuca, uma das maiores áreas verdes urbanas do mundo. Marco conta um pouco da história da floresta e da relação criativa entre o espaço e suas fotos, que já deram origem a vários livros sobre a cidade.

    E você, ama o Rio de Janeiro? Conte a sua história para gente usando as hashtags #Rio450 e #Light110 nas suas redes sociais. Compartilhe o seu amor!

  • 16/03/15

    Tem coisas que só a cidade maravilhosa proporciona! Dando continuidade à nossa série em comemoração ao aniversário de 450 anos do Rio, conheça Joana Traub Cseko, uma dessas cariocas cheias de amor que resolveu criar uma iniciativa incrível: uma horta comunitária em Laranjeiras!

    No terceiro vídeo da série, Joana conta como transformou um terreno com estigma de mal assombrado em uma horta que hoje conta com a colaboração de vários moradores do seu bairro. Mais do que uma plantação, a hortinha é um ponto de convivência entre os vizinhos, amigos e crianças, integrando toda a galera e incentivando a melhora da alimentação.

    A Joana é fascinada pelo Rio e nós também! E você, é um apaixonado pela cidade maravilhosa? Conte sua história pra gente usando as hashtags #Rio450 e #Light110 e compartilhe seu amor!

  • 11/03/15

    RUA

    O Museu Light da Energia ganhou um espaço que é a cara do Rio de Janeiro!
    Além de homenagear a cidade maravilhosa pelos seus 450 anos, ainda ajuda a entender mais sobre a energia elétrica e os seus usos.

    O ambiente 100% interativo, que conta com recursos do Programa de Eficiência Energética ANEEL, é inspirado nos bairros do Rio de Janeiro e reflete toda a estrutura urbana da cidade com ruas, casas, postes, transformadores e até carros elétricos, tudo de maneira muito próxima do nosso dia-a-dia.

    No circuito, você também vai poder ficar por dentro de como a energia chega até a sua casa, conhecer novas tecnologias, aprender sobre consumo eficiente e combater o desperdício!

    Não vai deixar para depois, né?

    Veja as fotos dos espaços!

  • 9/03/15

    Há quem diga que viver no Rio de Janeiro é um privilégio… E nós concordamos! Para comemorar o seu aniversário de 450 anos, celebrado no dia 1º de março, iniciamos uma série especial com depoimentos de cariocas, de nascença ou de coração, sobre a Cidade Maravilhosa.

    Hoje você assiste ao segundo vídeo da sequência sobre a história de Carlos Antônio Rosado, natalense apaixonado por Copacabana. A sua trajetória se mistura tanto com o desenvolvimento do bairro que ele não consegue nem ser ver morando em outro lugar.

    E você? Conte a sua história também! Poste o que você sente pela cidade nas redes com as hashtags #Rio450 e #Light110. O nosso amor pelo Rio é grande demais para ficar guardado!

    Assista:

  • 2/03/15

    Uma cidade apaixonante como o Rio merece mais do que uma declaração de amor. Para comemorar o seu aniversário de 450 anos, vamos publicar uma série de vídeos aqui no blog e nos nossos canais nas redes sociais com depoimentos marcantes de cariocas que não se cansam de celebrar momentos inesquecíveis da sua relação com a Cidade Maravilhosa!

    Serão cinco vídeos com histórias curiosas e emocionantes de personagens como o eletricista Geraldo Tolentino, que abre a nossa série e conta como aprendeu a amar e admirar ainda mais o Rio trabalhando na rede subterrânea.

    Então que tal aproveitar o clima de festa para compartilhar as suas próprias histórias com a gente? É só postar textos, fotos ou vídeos nas redes sociais durante o mês de março, usando as hashtags #Rio4560 e #Light110.

    Assista:

  • 27/02/15

    Niver do Rio_Facebook

     

    Nosso amor pelo Rio é grande demais para ficar guardado. Ainda mais nos 450 anos da cidade.

    Para comemorar o aniversário do Rio com a energia que ele merece, lançamos um movimento nas redes do Conexão Light para que todos compartilhem seus momentos mais especiais na cidade. Para participar e contar a sua história, poste textos, fotos ou vídeos nas redes sociais durante o mês de março, usando as hashtags #Rio450 e #Light110.

     Não fique de fora dessa festa!

  • 26/02/15
    Guarda-Chuva RJ

    Luiz C. Ribeiro / Shutterstock.com

    Verão não se resume à praia e céu azul. A estação mais quente do ano é também a com maior incidência de temporais. Conhecida pelo grande volume de água precipitado em pouco tempo e pelas tempestades, as chuvas de verão podem causar danos à infraestrutura das cidades e por isso representam um grande desafio para a rede elétrica da Light. Confira, no post de hoje, as nossas iniciativas para enfrentar esse desafio e saiba como se proteger dos temporais de verão.

    Deixa com a gente

    Cerca de 90% da rede elétrica  da Light fica ao ar livre. Isso significa que a rede  está exposta a todo tipo de danos que as chuvas podem causar, desde aquela árvore que pode cair durante a tempestade ao raio que atinge os fios.

    A estratégia da Light para encarar esse desafio começa com a blindagem da rede elétrica, que está sendo substituída por outra mais moderna e robusta. Em toda expansão da rede, já estão sendo usados os novos cabos mais seguros e robustos. No Verão, a Light também dobra o número de equipes de emergência e os canais de atendimento são reforçados, com a contratação de profissionais.

     

    Raios e trovões!

    Para quem não sabe,  o Brasil é o país com maior incidência de raios do mundo. O dado divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) alerta para a importância de estar abrigado durante os temporais.

    Os raios são rápidos (duram menos de 1 segundo) e têm descarga elétrica 2 mil vezes maior do que a carga que circula nas tomadas das nossas casas. Podem causar apagões de energia, ferimentos graves e até mesmo levar à morte.

    Se você estiver fora de casa durante um temporal, procure abrigo mesmo que seja em uma instalação subterrânea, como o metrô. Se estiver em um veículo, não saia, feche os vidros e não encoste nas partes metálicas. É muito importante evitar espaços abertos, como estacionamentos, praias ou campos de futebol, e nunca ficar dentro da piscina ou mar, já que a água é um condutor de eletricidade. Dentro de casa, evite utilizar o telefone durante as tempestades. A menos que o aparelho seja sem fio ou celular, você pode ser atingido por um raio que caia na linha.

    Fios partidos

    Por mais que a Light invista na modernização da rede, as tempestades também podem causar rompimento dos fios. Se você encontrar um fio partido no chão, não encoste ou chegue perto dele e informe imediatamente à Light pelo canal Light Clientes nas redes sociais (@lightclientes, no Twiter, e na Fan Pageou pelo telefone 0800 021 0196.

     

    Deslizamentos

    Para evitar incidentes trágicos, é preciso estar atento às determinações da Defesa Civil. Nunca construa em áreas de risco e, se você mora em morro ou em encosta, fique atento a sinais de perigo, como árvores em postes com inclinações fora do normal ou rachaduras e trincas nas paredes.

     

    Enchentes

    Como as chuvas de verão normalmente precipitam um grande volume de água em pouco tempo, as enchentes são comuns nessa época do ano. É importante estar ligado nas dicas da Defesa Civil, lembrando que jogar lixo no chão contribui para entupir os bueiros e agravar as enchentes.

    Não deixe as chuvas atrapalharem seu verão. Esteja preparado e nos ajude a divulgar essa corrente positiva de informação!

  • 23/02/15

    Celso Athayde - Fundador da CUFA

    Quando pensamos em todas as ações da Central Única das Favelas (CUFA), é impossível não citar o nome de seu idealizador Celso Athayde. Nascido na Baixada Fluminense, morou embaixo do viaduto em que hoje funciona a sede da CUFA. Coautor de obras como Falcão, meninos do tráfico e Um País Chamado Favela, ele ainda encontra tempo para estar envolvido em todas as atividades da instituição.

    A CUFA está completando 17 anos de história com a impressionante marca de 240 sedes somente no Rio de Janeiro, além de estar presente em 412 cidades em todo o Brasil. Em setembro será inaugurada as sedes da CUFA Global, em Nova York e Londres, para auxiliar o intercâmbio nos 17 países em que a organização atua. Sobre a força da CUFA declara: “Se eu pensei em tudo isso? Não. A gente era inexperiente. Ninguém tinha visto ou vivido uma revolução, mas a gente queria fazer uma”.